Pesquise

quarta-feira, 3 de outubro de 2012


Letra: Das sombras
Autor: Emídio Mendes

era meia noite e meia  
Acordei no meio da madrugada
E fiquei sem dormir
Abrir a janela do meu quarto
E me debrucei  sobre a janela
Olhei pro céu,
ali a lua estava tão presente
o luar a noite adentro
molhando-se do sereno da noite
a saudade de você também tão presente
me fazendo ver
Você surgir das sombras, das sombras
Coisa da minha imaginação
Coisa da minha solidão
Ascendendo  em mim
Essa vontade louca de ter você comigo
Pra dizer
Pra ouvir
Que te amo
E me fazer volta a dormir 


SONHOS DE MIM

Lua tão serena
caminha pro teu encantar
Desencanta dentro de mim
E clareia noites que existirão de mim
Noites que não vieste me ver
noites que não vieste me ver

Pedirei-te que fique
me encanta o teu luar
te contarei em segredo, sonhos
Sonhos de mim
Se eu adormecer, me cobres com o teu luar
Não deixa que o sereno da madrugada
Os meus sonhos molhar

e se em delírio eu te chamar
tocas nos meus lábios, com o teu luar
que eu despertarei e contigo esperarei
novo dia clariar


tão caçador de ti
autor Emídio Mendes

 ti perdi, sem querer eu ti perdi
e vi vc fugindo de mim
sem que nada eu pudesse fazer
e levou todos os meus sonhos
e perguntei por que
vc não quis dizer
por não conseguir te esquecer
te procurei,  mas não mais te encontrei
e assim vc me fez tão caçador de ti
e assim vc me fez tão caçador de ti

caço na mata adentro de mim
a razão do porque de te querer tanto assim
e essa razão eu encontro, quando em mim nasce uma lágrima
por não mais te ver por  aqui
e em cada vereda dentro de mim, há uma espera
e seus rastos se distanciando de mim
as vezes eu me  perco
pra ver se vc também me caça
mas o novo dia anoitece
e assim passo  a ser o caçador e não a caça
rearmo as armadilhas nas minhas veredas
pra ver se vc se deixa caçar por mim
mas as armadilhas dizem que você
já não anda mais por aqui
e assim vc me fez tão caçador de ti
e assim vc me fez tão caçador de ti

caço na mata adentro de mim
a razão do porque de te querer tanto assim
e essa razão eu encontro, quando em mim nasce uma lágrima
por saber que vc não anda mais por  aqui
 e assim vc me fez tão caçador de ti
e assim vc me fez tão caçador de ti
Ran Ran Ran Ran Ran